Versión Portugues: Declaração de OCMAL: No Dia Mundial Contra a Mineração em larga escala

logoOCMALDeclaração de OCMAL
no Dia Mundial Contra a Mineração em larga escala

Já há mais de 6 anos diversas comunidades vêm se reunindo e compartilhando simbolicamente o dia Mundial Contra a Mineração em larga escala, como uma mostra de que a água e a vida valem mais do que qualquer mineral.

Como Observatorio de Conflictos Mineros de América Latina – OCMAL, articulação sustentada por mais de 40 organizações que diariamente resistem aos impactos sociais, ambientais, políticos e culturais que vai deixando a mineração nos territórios, nós nos somamos neste 22 de julho de 2016 à comemoração do Dia Mundial Contra a Mineração em larga escala.

Valorizamos e celebramos enormemente essa data, já que permite convergir e reafirmar a luta permanente que diversas comunidades e organizações levantam e mantêm. Além disso, possibilita a oportunidade de encontrar-nos em um mesmo caminho que unifica novas alternativas ao modelo.

A mineração vem deixando uma pegada ecológica inapagável na América Latina: reservas ecológicas de grande valor têm sido devastadas, assim como aquíferos, glaciais, montanhas, páramos e territórios de alta complexidade em flora e fauna. Sem dúvida alguma, falar de mineração é falar de resíduos tóxicos e as comunidades atingidas sabem bem disso. A mineração emite cinco vezes mais gases de efeito estufa por dólar de produção que a média de todos os setores da economia, o que a converte em uma das atividades mais contaminantes do planeta.

A oposição a todo esse saque vem ganhando cada vez mais força em todos os cantos do continente. A defesa dos territórios é um componente central que tem caracterizado o processo de expansão da mineração na América Latina, mas as comunidades seguem em pé de guerra também na defesa de seus bens comuns. Condenamos energicamente as mortes e violações de Direitos Humanos que sistematicamente vêm ocorrendo contra defensores e defensoras do meio  ambiente, e que têm custado a vida de muitos e muitas companheiras.

Solidarizamo-nos com todas as comunidades e organizações que diariamente constroem novas alternativas e fazemos um chamado urgente para deter o avanço da mineração em larga escala em nosso continente e no planeta, e a traçar com urgência novas alternativas que promovam o bem viver.

Por uma América Latina sem mineração em larga escala e pela defesa do bem viver
Observatorio de Conflictos Mineros OCMAL
www.conflictosmineros.net

Traducción realizada por Danilo Chammas

 


Publicado el: 22 julio 2016
Categorias: Comunicados OCMAL